Tecnologia

O que é uma carteira de custódia própria, por que precisa de uma

31 de janeiro de 2023facebook-icontwitter-iconlinkedin-icon

Resumo:

Uma carteira de custódia própria é uma carteira cripto que dá a você acesso às chaves privadas da sua carteira e permite protegê-las com medidas adicionais. Esse tipo de carteira fornece maior autonomia e controle sobre seus ativos, o que faz dela uma parte indispensável da Web3 e da web descentralizada.


Se você possui criptos ou já teve criptomoedas, provavelmente tem muito familiaridade com as várias carteiras cripto existentes.

É um equívoco comum achar que as carteiras cripto funcionam como carteiras normais, ou seja, que elas armazenam as criptomoedas do titular dentro delas. Na verdade, uma carteira cripto é uma ferramenta de software que ajuda você a acessar seus fundos na blockchain e facilitar transações entre diferentes partes na rede de blockchain.

Duas das categorias mais importantes de carteiras cripto que você deve considerar ao escolher uma para armazenar seus fundos são as carteiras de custódia e de custódia própria.

Enquanto as carteiras de custódia controlam suas chaves privadas e as armazenam, as carteiras de custódia própria dão a você total responsabilidade por suas chaves privadas. Assim, você tem acesso irrestrito aos seus fundos na blockchain usando qualquer carteira de custódia própria de sua escolha, para que possa realizar transações e usar contratos inteligentes sem exigir permissão de um intermediário ou autoridade centralizada. Você possui o controle para fazer o que quiser com suas criptos.

Neste artigo, você aprenderá o que é uma carteira de custódia própria, por que precisa de uma e como obtê-la, depois sanará todas as suas dúvidas sobre carteiras cripto de custódia própria.

 

O que é uma carteira de custódia própria?

Uma carteira de custódia própria é um tipo de carteira cripto em que você, o usuário, mantém as chaves privadas de seus ativos digitais, em vez de confiá-las a um guardião terceirizado, como uma exchange cripto centralizada. 

Quando você compara carteiras de custódia e de custódia própria, o que está realmente sob custódia não são os fundos dentro delas, mas sim a chave privada necessária para obter acesso a esses fundos. A principal diferença entre as duas opções é quem tem a custódia das chaves privadas da carteira.

Serviços de custódia, como exchanges de criptomoedas, mantêm a chave privada, em vez do usuário. Isso significa que o serviço ou exchange é responsável por proteger os criptoativos do usuário — quase exatamente como um banco comum

Em alternativas de custódia própria (como a Valora), a responsabilidade de proteger as chaves privadas é inteiramente sua. Isso dá a você total autoridade e controle sobre seus fundos, mas essa autoridade carrega a responsabilidade adicional de proteger suas chaves privadas. Isso é semelhante a ter seu próprio cofre: somente você controla seu dinheiro, mas isso significa que você também precisa proteger as chaves.

A questão de saber se você precisa ou não de uma carteira de custódia própria dependerá de sua preferência pessoal, de seus objetivos de investimento e de como planeja usar criptos em seu dia a dia.

Para ajudar você a tomar uma decisão melhor e mais informada, reunimos cinco dos maiores motivos para você considerar obter uma carteira de custódia própria.

 

Cinco razões para ter uma carteira de custódia própria:

1. Controle. Controle suas chaves privadas (e seus ativos)

Se você usar uma carteira de custódia, o fornecedor de serviços atuará como proprietário terceirizado de suas chaves privadas e de sua frase mnemônica. Antes de concluir qualquer depósito, negociação ou saque, você deve receber autorização desse terceiro, seja uma exchange centralizada ou outro fornecedor de carteira. 

Exchanges populares como a FTX e a empresa de empréstimo de cripto Celsius tomaram uma decisão interna de parar de permitir que os usuários negociem ou saquem seus ativos, resultando em perdas catastróficas. 

Isso não pode acontecer com uma carteira de custódia própria porque seus ativos estão sob seu controle. Somente você tem acesso à frase de recuperação e tem autoridade total sobre seus ativos na rede de blockchain.

2. Segurança. Proteja suas chaves privadas com medidas adicionais

Como suas chaves privadas estão em suas mãos, você pode tomar medidas de segurança adicionais para protegê-las (e com elas, seus ativos na blockchain).

  • Carteiras multisig que requerem múltiplas autenticações de assinatura antes de autorizar uma transação

  • Gerenciadores de senhas que armazenam e protegem suas senhas

  • Carteiras de hardware que armazenam suas chaves off-line

  • Armazenamentos de carteira fria, como uma unidade USB ou discos rígidos externos que podem ser criptografados

  • Carteiras de papel em que você anota suas chaves privadas em um pedaço de papel e as armazena fisicamente em um local seguro

Com carteiras de custódia própria, a segurança, proteção e privacidade de sua conta estão inteiramente em suas mãos. Ainda é importante ficar atento e encontrar uma combinação de opções que mantenham as chaves privadas seguras e garantam que seus ativos digitais só possam ser acessados por você.

3. Autonomia. Junte-se a um vasto ecossistema financeiro aberto e interaja com dapps na blockchain

O mundo da Web3 tem a meta de alcançar uma Internet descentralizada, aberta e mais equitativa usando a tecnologia blockchain. Nessa visão, os usuários têm controle total de seus dados, identidade on-line e criptoativos sem precisar de intermediários ou de uma autoridade centralizada.

Dessa forma, quando você tem uma carteira cripto de custódia própria, imediatamente contribui para tornar essa visão uma realidade.

Com uma carteira de custódia própria, você poderá interagir com aplicativos descentralizados (dapps) na blockchain. Alguns exemplos incluem exchanges cripto descentralizadas, plataformas DeFi, plataformas de empréstimos, plataformas de jogos, plataformas de rede social e muito mais.

Você atuará como uma entidade autônoma no ecossistema web3, interagindo livremente com aplicativos e contratos inteligentes e participando de transações cripto.

Leia mais: O que são dapps? Saiba mais sobre dapps neste artigo da seção Aprenda da Valora.

 

4. Privacidade e transparência

A maioria das carteiras de custódia própria não exige que os usuários enviem nenhuma informação pessoal importante. Elas também não estão sujeitos aos mesmos regulamentos das carteiras de custódia, portanto, não exigem que os usuários forneçam os mesmos dados. 

Isso também significa que nenhum terceiro tem acesso a nenhum dado do usuário, tornando as carteiras de custódia própria melhores para usuários que desejam manter sua privacidade. Com a Valora, você pode criar e usar sua carteira de custódia própria apenas com seu número de celular. Consulte este artigo para obter instruções passo a passo.

Embora as opções de custódia própria sejam mais privadas do que as carteiras de custódia, elas também fornecem a mesma transparência, pois todas as transações são registradas na blockchain pública.

5. Flexibilidade. Você terá mais flexibilidade no espaço da Web3

Carteiras de custódia própria são mais flexíveis do que opções de custódia porque permitem que os usuários movam livremente seus ativos e interajam com a blockchain diretamente.

Elas permitam aos usuários:

  • fazer transações sem intermediários;

  • criar e gerenciar vários endereços de carteira;

  • mover as contas facilmente de um dispositivo para outro;

  • adicionar tokens personalizados à carteira;

  • acessar seus recursos em uma variedade de dispositivos e plataformas; e

  • interagir com aplicativos descentralizados na blockchain.

Por fim, esses fatores tornam as carteiras de custódia própria mais flexíveis do que as carteiras de custódia. Essa flexibilidade proporciona mais liberdade para você, o usuário, que deseja ter controle total de seus criptoativos a qualquer hora e em qualquer lugar.

 

E quanto às carteiras cripto de armazenamento frio ou hardware?

Comparação entre carteiras frias e quentes

Uma carteira fria costuma ser chamada de armazenamento frio e é um tipo de carteira de custódia própria que não está conectada à Internet. 

Isso significa que as suas chaves privadas são armazenadas off-line, diminuindo ainda mais o risco de invasão ou roubo. Um bom exemplo de carteira fria pode ser uma unidade USB ou a chamada carteira de papel. 

Por outro lado, as carteiras quentes estão conectadas à Internet. Naturalmente, isso significa que elas armazenam suas chaves on-line. As carteiras quentes são mais adequadas para usuários que desejam acesso rápido e fácil aos seus ativos para fins de gasto ou negociação. Carteiras frias são melhores para manutenção e armazenamento de longo prazo.

 

Comparação entre carteiras de hardware e de software

Uma carteira de hardware é um dispositivo físico que geralmente não é maior que um USB. Esse dispositivo armazena suas chaves privadas off-line, mantendo-as protegidas contra invasões ou exploits. Quando conectado a um computador, o dispositivo permite que o usuário acesse seus ativos. Por outro lado, as carteiras de software geralmente estão disponíveis em dispositivos móveis e costumam ser mais acessíveis.

Embora existam muitas carteiras e fornecedores de carteira diferentes por aí, carteiras frias e de hardware são de custódia própria. Isso ocorre porque ambos os tipos oferecem ao usuário acesso direto e exclusivo a seus ativos na blockchain, o elemento-chave da custódia própria.

blog-image

Carteiras cripto de custódia própria para HODLing de longo prazo

As carteiras de custódia própria provaram ser ferramentas valiosas para armazenar ativos em longo prazo. Investidores cripto de grande escala e longo prazo preferem usar carteiras de custódia própria devido à maior autonomia e confiabilidade.

Se você deseja manter criptos em sua carteira por um longo prazo, é importante pesar os prós e contras das carteiras de custódia e de custódia própria e decidir se elas são a opção ideal para você.

Embora as carteiras cripto de custódia própria forneçam uma camada extra de segurança ao ofercer acesso total aos seus fundos na blockchain, elas vêm com responsabilidades adicionais.

Como somente você é responsável por proteger sua chave privada e sua frase de recuperação, você precisa saber que perder suas chaves privadas ou danificar determinado hardware pode levar à perda de seus ativos. As opções de recuperação são limitadas, e a recuperação de fundos é difícil.

 

Como obter uma carteira de custódia própria

Se você deseja iniciar sua jornada cripto com o pé direito e explorar a segurança aprimorada e maior autonomia das carteiras cripto de custódia própria, a Valora está aqui para ajudar a fazer exatamente isso.

Explore nosso guia simples de quatro etapas para criar uma carteira Valora e você terá sua carteira de custódia própria pronta em apenas alguns minutos usando somente seu número de celular.

Leia mais: Comece a usar a Valora

Não tem certeza quanto ao tipo de carteira de que você precisa? Leia este artigo da Valora sobre como escolher a carteira certa para sua jornada cripto.

 

Perguntas frequentes

Uma carteira de custódia própria é uma carteira fria?

As carteiras frias são uma categoria de carteira de custódia própria, sendo um dos tipos mais populares.

A Valora é uma carteira de custódia própria?

Sim. A Valora é uma carteira de custódia própria desenvolvida na blockchain Celo. Custódia própria significa que todo proprietário de uma carteira Valora tem controle total de seus ativos o tempo todo.

 

Uma carteira de custódia própria pode ser invadida?

É praticamente impossível invadir uma carteira de custódia própria. Qualquer invasor precisaria ter acesso à sua frase semente mnemônica ou chave privada. Se você as mantiver em segurança e nunca as compartilhar com ninguém, sua carteira poderá ficar imune a invasores.

Ainda preciso comprar cripto em uma exchange com uma carteira de custódia própria?

A maioria das carteiras de custódia própria não oferece a opção de comprar criptomoedas; elas são principalmente uma maneira de armazenar e gerenciar cripto. Outras integram uma variedade de redes e processadores de pagamento para permitir que você compre cripto e financie sua carteira de custódia própria com dinheiro fiduciário. Por exemplo, a Valora oferece a oportunidade de comprar stablecoins como Celo Dólares (cUSD) e outros tokens nativos da blockchain Celo, diretamente no aplicativo.

31 de janeiro de 2023

Quer mais?

A collection of popular crypto terms, definitions, and even Valora-specific descriptions for beginners and experienced Web3 explorers alike. Impress your friends with your new crypto vocabulary!
Tecnologia

Glossário de definições cripto

Uma coleção de termos cripto populares, definições e até mesmo descrições específicas de Valora para iniciantes e exploradores experientes da Web3.

post-preview-image
Tecnologia

Um guia de presentes cripto que todos vão adorar

Você está procurando um presente exclusivo e de última hora para esta temporada de festas? Apresente a seus amigos o mundo das criptomoedas: há algo para todos!